Como transformar o saque do FGTS em um bom negócio

Milhões de brasileiros estão com mais dinheiro no bolso graças às contas inativas do fundo de garantia. Descubra como essa medida pode ser um passo para começar a empreender ou turbinar suas vendas.

tilt brum izettle
Se organizar direitinho, todo mundo vende mais. 🙂

Você já sabe que o saque das contas inativas do FGTS veio para aquecer a economia brasileira. São mais de 40 bilhões a mais no bolso da população. E esse dinheiro pode se transformar em oportunidade para sua empresa.

Mas, cá entre nós, o que vai mudar no dia a dia de quem está começando a empreender como MEI ou já tem um pequeno negócio? E o mais importante: o que você pode fazer para aproveitar esse momento ao máximo? Calma, a gente está aqui para descomplicar esse assunto.
[highlight]

Alguns dados sem blá, blá, blá

  • Vale lembrar: quando você é contratado com registro em carteira, seu empregador deposita 8% do salário na conta do FGTS, todos os meses.
  • A maioria dos trabalhadores não vai poder comprar carro ou casa: 90% das contas inativas têm saldo de no máximo R$ 3 mil. (Fonte: Caixa Econômica Federal)
  • Os números da diferença: o aumento no PIB deste ano deve chegar a 0,3 ponto porcentual.
  • Pagar dívidas é a prioridade da maioria das pessoas (38,2%). As despesas diárias vêm depois (34,3%) e as compras, por último. (Fonte: Pesquisa do SPC Brasil e CNDL)

[/highlight]

FGTS: o que você precisa saber sobre o que estão dizendo

Só vamos descobrir no futuro qual foi o resultado dessa medida, também porque a crise política influencia o sobe e desce da economia. O que já dá para saber é que esse dinheiro melhora a situação de quem precisava de uma “mãozinha” pra sair das dívidas. E, sem pendência na praça, as pessoas voltam a comprar. Simples assim.

Os especialistas também falam num “ciclo de crescimento” e dizem que a queda do juros aumenta a intenção de compra. Ou seja, o público volta a comprar mais no cartão de crédito. É oportunidade tanto para o consumidor quanto para o pequeno empreendedor.

Sabemos que muitos brasileiros que ficaram sem emprego nos últimos anos estão aproveitando o saque do FGTS para abrir o próprio negócio. A hora é agora! Outros já são MEI e planejam usar essa grana para “dar um gás” no caixa e nas promoções. Qual é o seu caso?

Do desafio para as boas ideias

Quando a gente está na correria do balcão, com um cliente no WhatsApp e um fornecedor esperando na porta, nem sempre é fácil manter a cabeça em ordem. Mas a informação é uma aliada que faz a diferença. Saber o que esperar ajuda a traçar objetivos e mudar as estratégias no cotidiano do seu negócio.

tilt brum izettle
Acredite: quem se mantém informado se sente mais seguro na hora de botar a mão na massa.

[highlight]

Dicas pá-pum para usar o saque do FGTS no seu empreendimento

  • Para começo de conversa Está pensando em montar seu negócio agora? Então, planeje suas metas iniciais já de olho no cenário econômico. O impacto dos saques do FGTS no comportamento dos seus clientes pode não ser imediato. Pense naquelas pessoas que citamos ali em cima, que vão primeiro pagar as dívidas.
  • Fique de olho Se você já está na ativa e vai usar o dinheiro do FGTS, é o momento de pensar no que você precisa. Faça assim: analise o que você já conquistou e os investimentos que vão melhorar seu produto ou serviço. É uma pequena reforma? Uma nova máquina? Um uniforme para sua você ou sua equipe? Para ajudar, crie uma planilha ou use o bom e velho caderninho.
  • Conheça seu público Isso também é essencial. Qual é o perfil dos seus clientes hoje? Como seus concorrentes atuam e que mudanças fizeram? Que comentários seus clientes fizeram nos últimos tempos? Vá anotando as respostas.
  • Vá além Seu produto ou serviço é destinado a pessoas com maior poder aquisitivo, que podem querer usar a grana extra para comprar presentes? Caso a resposta seja “sim”, essa pode ser a hora de pensar numa novidade ou promoção de encher os olhos.Caso seu público esteja mais próximo das classes C e D, repensar seus preços pode criar um estímulo para a compra. Lembre que o saque do FGTS não traz valores exorbitantes, então a vontade de economizar e a busca pelo custo-benefício ainda falam mais alto.

[/highlight]

De olho no futuro

tilt brum izettle
Esta aí uma combinação de sucesso: muito trabalho e uma boa dose de inspiração.

Mesmo que o País esteja passando por mudanças contínuas, mantenha o foco naquilo que você tem nas mãos hoje mesmo. A crise existe, mas os consumidores continuam existindo e seu talento não para de se desenvolver. O segredo é saber se adaptar e inovar.

E, por falar em inovação, com o Maquinão iZettle você recebe suas vendas em até 2 dias úteis e aquece também o caixa do seu negócio. Já conhece? 😉

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *